10 regras que você nunca quis saber sobre spoilers mas apareceu alguém contando mesmo assim

A crise do spoiler nunca acaba. O assunto nunca morre. A polêmica nunca termina. Se todas as opiniões devem ser compartilhadas na internet no calor do momento, a proibição do spoiler, em breve, será considerada uma forma de censura. Eu tenho o direito de expressar meu sentimento sobre o final do filme, gritará um manifestante. Você cerceou meu direito de desfrutar o filme pelo qual eu paguei, responderá o outro, já ligando para o seu advogado.

REGRA NÚMERO 1: NA GUERRA DO SPOILER, NÃO HÁ VENCEDORES.

De um lado temos o pessoal neurótico que considera o poster, o trailer, a sinopse e até a porra da duração do filme uma espécie nefasta de spoiler. “Essa cena parece ser o clímax, mas como eu sei que ainda tem mais meia hora de filme e o Morgan Freeman ainda não apareceu, alguma reviravolta ainda vai acontecer e isso está prejudicando minha análise sobre o todo.”

REGRA NÚMERO 2: O SPOILER FREAK NÃO CONSEGUE RELAXAR E SE DIVERTIR.

Do outro lado, temos aquele povo desapegado demais que acha que todo mundo tem a obrigação (e o tempo livre) de assistir a tudo o mais rápido possível. O filme deve ser visto no final de semana do lançamento (ou antes, se vazar o torrent). O episódio da série deve ser visto assim que a primeira legenda PT-BR aparecer na internet, ou até antes caso o idioma não seja um problema. Azar o seu se você não for capaz de se manter atualizado.

REGRA NÚMERO 3: O PRIMEIRÃO DA FILA DO TORRENT, DO NOVO IPHONE, OU DO SHOW DO ONE DIRECTION NORMALMENTE NÃO TEM MAIS NADA PARA FAZER.

Desta segunda turma tivemos o recente exemplo do ator Dean Norris, o Hank de Breaking Bad e o Big Jim de Under the Dome, que tuitou um baita spoiler e saiu metralhando todo mundo que reclamou, inventando uma teoria de que depois de 48h da exibição na TV tá tudo liberado. Achei não apenas sem noção, mas um descaso com o resto do mundo que precisa baixar, esperar legenda, ou até mesmo esperar a exibição na TV do seu próprio país – sim, acredite, tem gente que ainda faz isso! Uma atitude típica do tradicional americano goiaba que acha que o mundo se resume aos EUA. Pior: Norris mostrou que não tem noção do alcance do seu próprio trabalho.

REGRA NÚMERO 4: GRINGOS, ELES NÃO LIGAM PARA A GENTE.

O que aprendemos com isso? Que seguir membros da equipe ou do elenco da série no Twitter é um perigo que pode ser facilmente evitado com um unfollow. O perigo maior, entretanto, é o tumblr e demais redes de compartilhamento de memes. Isso tudo é um mar de spoilers. O episódio mal terminou e já tem GIFs irônicos por lá, portanto, em casos especiais como a última semana de Breaking Bad, é prudente não acessar nada disso.

REGRA NÚMERO 5: FAÇA SUA PARTE, EVITE O QUE PODE SER EVITADO.

Assim como na religião e na política, eu prefiro me manter em cima do muro evitando todos os extremos envolvidos. Tendo este blog de filmes e séries, já tive problemas bizarros com spoiler freaks. Por exemplo: alguém reclamou que, no post sobre a segunda temporada de Twin Peaks, eu contei o final da primeira. Amigo, por que diabo você foi ler um texto sobre a segunda temporada se ainda não viu a primeira? Cadê o bom senso?

REGRA NÚMERO 6: NÃO SEJA OTÁRIO. QUEM PROCURA SPOILERS, ACABA ENCONTRANDO.

Também fui repreendido pela presença maciça de spoilers no 31 Filmes, meu blog sobre os filmes importantes da vida. Aí consideraram spoiler eu contar, por exemplo, o final dos Goonies. O que nos leva à pergunta mais relevante: existe prazo para um spoiler deixar de ser spoiler? Spoiler tem prazo de validade? Alguém ainda não sabe o que era o Rosebud no Cidadão Kane, quem matou Laura Palmer, qual o mistério do Sexto Sentido, a identidade do Keyser Söze ou o destino do casal de Casablanca?

REGRA NÚMERO 7: CLÁSSICO É CLÁSSICO E VICE-VERSA.

Aqui vale uma pequena aula de cinefilia para iniciantes. Clássicos não dependem mais de pequenos mistérios para encantar o público. Se eles se tornaram clássicos, é porque tinham algo a mais do que um surpreendente “quem matou foi o mordomo”. Por isso Hitchcock desprezava o recurso do “whodunit”, por isso seus filmes não dependem de um mistério revelado, por isso a cena do chuveiro de “Psicose” é mais importante do que a revelação final sobre a mãe do Norman Bates. Normalmente o “whodunit” é estragado por um spoiler. A cena do chuveiro, não. Mesmo que alguém te conte em detalhes, você precisa ver com seus próprios olhos para perceber a magia. Por isso o cinema é maior do que qualquer spoiler. Por isso é errado dizer que um spoiler estragou seu filme: um bom filme vai se sustentar mesmo com seu segredinho maroto revelado. Enfim, a experiência cinematográfica é à prova de spoilers.

REGRA NÚMERO 8: SE O SPOILER ESTRAGOU O FILME, É PORQUE O FILME ERA RUIM.

O problema maior do spoiler não é só contar um segredo que você queria descobrir por conta própria. O problema, eu acho, é a tal arrogância de quem conta. Aquela necessidade extrema de ser o primeirão a ver o episódio e fazer questão de comunicar ao mundo, esse mundo atrasado e inferior cheio de pessoas com delay. Assim, um “NOSSA COMO O FULANO É FODA NÉ GENTE” me irrita tanto quanto contar que o beltrano morreu. Não é pelo spoiler em si. É pela atitude babaca.

REGRA NÚMERO 9: NÃO SEJA BABACA.

E finalmente, concluímos com a etiqueta básica do spoiler. Na dúvida, avise que o seu blog tem spoilers, que seu twitter conta tudo mesmo, que no seu tumblr a putaria é liberada. Não custa nada. Outra dica: se você tem essa necessidade vital de contar pra todo mundo que já assistiu a algo, dê check in em um desses sites que distribuem badges colecionáveis e preencha sua existência com eles. Eles servem como aqueles adesivos de nicotina para quem quer parar de fumar. “Ufa, eu ia contar detalhes sobre o meu deslumbramento com a cena do Red Wedding, mas eu conquistei o Selo Trono de Ferro de Fanboy Extremo de Game of Thrones, não preciso provar mais nada a ninguém”. E pronto, vá dormir feliz.

REGRA NÚMERO 10 QUE SERVE PARA TUDO NA VIDA: RESPEITE TODAS AS OUTRAS PESSOAS – MENOS OS BABACAS E OS OTÁRIOS.

Um comentário em “10 regras que você nunca quis saber sobre spoilers mas apareceu alguém contando mesmo assim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s